MUTIRÕES DE LIMPEZA

Os mutirões de limpeza realizados no litoral paranaense por iniciativa da ONG Parceiros do Mar consistem na coleta de resíduos que causam danos ao meio ambiente litorâneo e riscos à população e banhistas. Os resíduos recolhidos pelos voluntários, na maior parte das vezes constituem-se em plástico de diversos tamanhos, bitucas de cigarro e pedaços de materiais de pesca. Esse tipo de lixo representa um grande risco para animais marinhos, que muitas vezes acabam se alimentando desses materiais e morrendo; também representa um risco para a população, pois muitos materiais encontrados são perigosos quando estão submersos na água, podendo causar machucados e até óbitos (como o caso das redes de pesca, âncoras e poitas); e muitos materiais demoram anos para se decompor no ambiente natural, prejudicando enormemente a sustentabilidade do frágil ambiente costeiro. O grande fluxo de pessoas no litoral paranaense contribui para a geração de diversos tipos de resíduos encontrados nas praias. Nem sempre é realizada a destinação correta desses resíduos, que por vezes são deixados nas areias. A ação do vento, chuvas e correntes marinhas também faz com que o lixo se acumule nas praias. Também cabe aos cidadãos a responsabilidade de contribuir para um litoral mais preservado, limpo e seguro, agindo de forma a garantir que as praias sejam preservadas. Cuidar da sustentabilidade do ambiente litorâneo é responsabilidade de todos aqueles que desfrutam deste espaço, e ações direcionadas para manter as praias limpas representam melhorias reais. Iniciativas como os mutirões de limpeza constituem alternativas genuínas de educação para a sustentabilidade, uma vez que além da coleta do lixo, a população e os próprios voluntários são sensibilizados e tornam-se multiplicadores dessas ações. Cada mutirão de limpeza tem uma metodologia para sua realização, a depender do local, da abrangência da ação e do tipo de apoio que os voluntários receberão para a logística e organização da ação como um todo. De maneira geral, os mutirões costumam durar um período do dia, geralmente pela manhã, quando as condições da praia estão mais favoráveis para a coleta dos resíduos. Ao fim do mutirão, os sacos plásticos utilizados para a coleta são reunidos, pesados, triados e encaminhados para a Prefeitura Municipal realizar a destinação dos resíduos recolhidos pelos voluntários.

1º Mutirão Nacional de Limpeza de Praias da ONG Parceiros do Mar acontece em 5 Estados

Mais de 300 pessoas se reunirão pela costa brasileira para promover a consciência ambiental em praias do Paraná, Santa Catarina,  Espírito Santo, Bahia e Ceará.

Uma onda de amor pela vida que rompeu barreiras e agora chegou a grande parte da costa brasileira. A ONG Parceiros do Mar, fundada em Curitiba após uma fatalidade ter levado a vida da surfista Renata Turra Grechinski, surgiu em 2012 com o objetivo de levar mais segurança ao mar. Com ações sociais, ambientais e educacionais, um dos principais projetos dos Parceiros são os Mutirões de Limpeza das Praias que acontecem há cinco anos. Neste ano, porém, a ação tomou proporções muito maiores e voluntários de cinco estados brasileiros irão promover mutirões simultâneos pela costa, no sábado, dia 27 de maio.

“É muito emocionante, depois de muito trabalho, ver tanta gente engajada por uma causa. Porém, é importante ressaltar que os mutirões de limpeza não possuem apenas o objetivo de limpeza, mas também de minimizar os riscos dentro da água, evitando que redes de pesca, e artefatos ilegais sejam arrastados para o mar e prejudiquem quem está na água”, explica Silvia Turra Grechinski, diretora da ONG Parceiros do Mar – movimento Surf Seguro.

A Praia do Coral, na Barra do Jucu – ES, local que recebe muitos atletas que procuram pela pratica de surf, realizará a instalação de placas informativas, a coleta de resíduos, plantio de mudas nativas e cercamento da restinga. “É nossa ideia para chamar a atenção sobre a necessidade de cuidar mais das nossas cidades, e principalmente das nossas áreas verdes e praias.”, diz Petrus Lopes, Diretor do Instituo Jacarenema, Parceiros na ação.

Em Santa Catarina, a ASPI – Associação de Surf Praias de Itajaí, que desenvolve e profissionaliza o surfe no município e região através de competições, incentivando assim o surgimento de novos talentos, campeonatos diferenciados e circuitos que movimentam o Sul do Brasil, também está preocupada com a conscientização ambiental, e convocou a população, unindo-se nesta onda de amor pela vida.

Outro Parceiro, de cunho nacional, envolvido na ação, é o Projeto Limpando o Mundo que, no Ceará, estará ajudando nessa missão de promover a educação ambientalno combate ao lixo marinho para a proteção dos oceanos e espécies ameaçadas de extinção.

O 1º Mutirão Nacional de Limpeza de Praias Parceiros do Mar irá acontecer em 5 estados de forma simultânea. Os organizadores esperam a participação total de cerca de 300 pessoas e a expectativa é de coletar mais de 5 toneladas de lixo no total. O lixo coletado será destinado à entidades de coleta organizadas.

2ª Limpeza Subaquática irá sinalizar artefatos de pesca ilegal

Renata perdeu a vida quando o leash de sua prancha de surf engatou num artefato ilegal de pesca, utilizado em pesca de espera, proibida por lei. “Por ser proibido, pescadores deixam esses petrechos de pesca sem sinalização, o que causa acidentes como o da minha irmã. Temos muitas histórias de surfistas presos em redes de pesca. Mortes desta forma são dadas como afogamento, mas é crime, não é acidente”, comenta.

A 2º Limpeza Subaquática irá acontecer em Guaratuba, no Paraná, saindo do Rio da Barra, no bairro de Barra do Saí, finalizando próximo ao Morro do Cristo, totalizando um trajeto de 9 km. Esta ação é em parceria com a ASG – Associação dos Surfistas de Guaratuba, Polícia Militar Ambiental do Paraná, Corpo de Bombeiros do Paraná e ajuda de pescadores da Associação dos Pescadores de Matinhos. “Vamos estar bem na época da pesca da Tainha, quando os pescadores clandestinos armam seus petrechos de pesca ilegal. Queremos minimizar essas ações. Na primeira edição da limpeza subaquática identificamos quatro pontos de ilegalidade”, afirma Silvia.

Para esta ação a ONG contratou um barco de pesca para fazer o arrasto e ainda pagou o conserto da embarcação da Polícia Ambiental para que pudesse acompanhar e fazer as autuações.

Veja abaixo em quais cidades o mutirão irá acontecer e faça a diferença também. Seja um voluntário!

Informações: https://www.facebook.com/events/1735660843398533/ ou www.parceirosdomar.com.br

SANTA CATARINA:
Local: Itajaí
Horário: 8h30
Ponto de Encontro: Brava Norte, na passarela em frente aos bares.
Organizador: Ivan T. Filho
Co-Realização: ASPI – Associação de Surf Praias de Itajaí

PARANÁ:
Local 1: Guaratuba
Horário: 9h
Ponto de Encontro: Rio da Barra
Organizador: Bruno Soares Possebon
Co-Realização: ASG – Ass. dos Surfistas de Guaratuba

Local 2: Matinhos
Horário: 9h
Ponto de Encontro: Bar do Pepe
Organizador: Rafaella Lins

Local 3: Pontal do Sul
Horário: 9h
Ponto de Encontro: Praça Principal de Shangri-Lá
Organizador: Silvia Turra Grechinski
Co-Realização: Associação MarBrasil

Local 4: Ilha do Mel
Saída A: Trapiche das Encantadas – Horário: 8h.
Co-Realização: Filhos da Ilha
Saída B: Trapiche de Brasília – Horário 11h.
Co-Realização: Global Vita/ Amazing Runs
Organizador: Klaus Marx Matias

ESPÍRITO SANTO:
Local: Praia do Coral do Meio – Barra do Jucu
Horário: 9h
Ponto de Encontro: a definir
Organizador: Petrus Lopes
Co-Realização: Instituto Jacarenema

BAHIA:
Local: Porto Seguro
Horário: 9h
Ponto de Encontro: a definir
Organizador: Ana Tereza Campos
Co-Realização: Ana Tereza Campos Fisioterapia

CEARÁ:
Fortaleza
Horário: 9h
Ponto de Encontro: Praia da Sabiaguaba.
Organizador: JuaciAraujo Oliveira

Local 2: Icapuí
Horário: 9h
Ponto de Encontro: Quitérias
Organizador: JuaciAraujo Oliveira

Local 3: Caucaia
Horário: 9h
Ponto de Encontro: Iparaná
Organizador: JuaciAraujo Oliveira
Co-Realização: IPOM/ Limpando o Mundo e Asupce – Associação de Stand UpPaddle do Ceará.

INSTRUÇÕES:
– Ir com roupas e calçados adequadas para caminhada na praia, além de boné, viseira, óculos escuros.
– Levar próprio protetor solar, água, repelente.
– Não haverá a distribuição de camisetas nem material de suporte
– A participação é voluntária e sem fins lucrativos
– A organização fornecerá água e frutas aos participantes, porém a distribuição é limitada á quantidade doada para cada ação.
– A organização não fornecerá transporte até o ponto de encontro. Os voluntários se encontrarão no ponto de encontro de cada cidade listada acima.
– Dúvidas, entrar em contato com os organizadores de cada local listados acima.

Se chover o evento será adiado.

O 1º Mutirão Nacional de Limpeza de Praias Parceiros do Mar é uma realização da ONG Parceiros do Mar com apoio da ASG – Associação dos Surfistas de Guaratuba, Associação MarBrasil, Insight Social, Global Vita, Coletivo do BemNoAR Comunicação, Possebon Engenharia e Serviços, SeaShepherd – Núcleo Paraná, Polícia Militar Ambiental do Paraná, Corpo de Bombeiros do Paraná, ASPI – Associação de Surf Praias de Itajaí, Instituto Jacarenema de Pesquisa Ambiental, Projeto Limpando o Mundo Ceará, Instituto EcoFaxina, Ana Tereza Campos Fisioterapia, Studio P3Curitiba Lixo ZeroOneDrop Produções, Instituto Legado, UFPR Litoral e Ocram Comunicação.

 

 

  • 2014

    15 TONELADAS

    Quantidade de lixo coletado

  • 2015

    22 TONELADAS

    Quantidade de lixo coletado

  • 2016

    25 TONELADAS

    Quantidade de lixo coletado

  • 2017

    ... TONELADAS

    Quantidade de lixo coletado

 

 

TOTAL DE X TONELADAS DE LIXO COLETADO

Leave a Reply

Your email address will not be published.